sábado, 24 de setembro de 2016

#SetembroAmarelo

Vamos falar de depressão, o que é a depressão?


Bem, a depressão, ao contrário do que muitos pensam, não é frescura e está longe de se comparar à tristeza comum, ela acarreta coisas como tristeza profunda, mudanças de humor, sentimento de indiferença, vazio ou/e impotência, alta irritabilidade, baixa disposição para coisas simples da vida, baixo autoestima, fadiga, insônia, automutilação, comportamento suicida, tentativa de suicídio, inquietude, baixa capacidade de concentração, entre outros.
Pois é, é algo muito sério mas que na maioria das vezes não é visto dessa forma e, frequentemente, o comportamento de uma pessoa depressiva acaba sendo confundido com preguiça e estresse, por exemplo, e é claro, isso só piora.
Bom, aparentemente existem classificações e tipos diferentes de depressão, mas não é disso que eu vou falar até porque não sou psiquiatra nem psicóloga e não dá pra confiar totalmente em artigos na internet, portanto a minha dica de como tratar e como NÃO tratar uma pessoa depressiva pra você não acabar fazendo uma merda feia é:
Se você percebeu que alguém próximo a você tem estado/é muito agressivo ou irritado, vive se excluindo de tudo, não tem feito muito além de ficar deitado, e você acha que pode ser depressão, por favor não finja que não está vendo, não trate ele(a) como se ele(a) fosse um tipo de bomba relógio, muito menos como se fosse um lixo inútil. Mostre que se importa com ele(a), procure saber como ele(a) se sente, converse sobre isso e demonstre apoio, pelo amor de Deus não pergunte por que ele(a) tá assim nem por que ele(a) não tenta tomar um banho e ir se distrair um pouco, pelo amor de Jah não faz isso, depressão não é o mesmo que tristeza, ele(a) não precisa de um motivo aparente para estar mal assim como muito provavelmente essa pessoa não sente que tem forças pra levantar e tomar um banho e/ou não tem o mínimo de ânimo/vontade de fazer qualquer coisa além de deitar e ficar ali para sempre.
Procure fazer com que essa pessoa tenha acompanhamento médico, de preferência.

Agora entenda que a depressão não é um tipo de tristeza que você sente quando algo ruim acontece e depois passa, é muito pior, muito mais lancinante. Ela está sempre ali, por mais que a pessoa pareça e diga estar ótima, você não imagina o inferno que pode estar na mente dela. O número de pessoas que se matam por depressão é imenso então, por favor, não pratique bullying, não seja preconceituoso, abra sua mente para que a realidade entre e aprenda a se colocar no lugar do próximo.

P.S: Nenhuma orientação sexual ou identidade de gênero está ligada à depressão, o que causa a depressão na maioria dos LGBTs é o preconceito sofrido por eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário