segunda-feira, 8 de junho de 2015

Poesia

Após séculos sem, resolvi postar uma poesia minha que não me lembro de ter postado, mas, com certeza, é uma das minhas preferidas, é antiguinha, mas eu gosto muito dela.


Garota


Invisível
Não tem vez.
Uma garota triste
Sombria
Fria
Em um lugar desconhecido.
Não se sente bem
Não está em paz.
Perdida
Incompreendida.
Seu coração incendeia
Sua mente a trai.
Sua voz não é ouvida
Sua presença não é sentida.
Cansada
Sua alma está em prantos
A dor é muita.
Pobre garota
Docemente má
Friamente calma
Adoravelmente bruta.
Anjo sem asas
Sem alma
Sem vida.

Eu estava aqui olhando uns posts antigos quando me dei conta de que não postava poesia alguma há bastante tempo então fui logo catar uma que eu gostasse pra postar, e espero que gostem também :3

Nenhum comentário:

Postar um comentário