sábado, 21 de março de 2015

Tipos de Estudantes

Não estou a fim de falar sobre anime e como minhas aulas começaram semana passada (acho) aqui vai alguns dos tipos de estudantes que, com certeza, têm no seu colégio.

Os tirados a Machões/valentões/"pegadores"


Esse tem em todo colégio que eu vou, é aquele desgraçado que tira a maior onda por ser alto ou forte, tira onda com os menorzinhos, enche o peito pra dizer que pode com qualquer um do colégio todo... Acham que podem são fodões por terem pego metade das minas do colégio, queridos só um recado: Escola - fodace se eu quiser chamo de escolinha - é pra estudar não pra fazer de motel. Esses aí tem o ego dez vezes maior que o cérebro e geralmente têm por volta de quinze e dezesseis anos - por isso são mais altos e fortes - e ainda na sétima série.

As tiradas a lindas/gostosas


Essas aí geralmente são aquelas mina quinta série que enche a cara de pó e brilho, e andam com a bunda encostando no ombro - só um pequenino exagero light - para parecer quem têm bunda grande. Acho isso tão engraçado... Essas também podem ser aquelas que tão no colégio a mais tempo que você e você já ultrapassou elas faz tempo e elas ainda duas séries atrás de você.

Os pivetinhos sem vergonha


Huehuehuehue esses aí são aqueles menininhos que são metade do seu tamanho e vivem paquerando as meninas mais velhas. Eu ainda não sei lidar corretamente com esses, nunca sei se estão zoando ou não KKKKKKK.

As invejosas/barraqueiras


Se você for uma garota e for parecida comigo, então já teve que lidar e muito com essas aí, essas são aquelas que te odeiam sem motivo nenhum, vivem te rebaixando e te insultando sem motivos, falam do seu cabelo, falam do seu corpo, falam das suas roupas, etc. Criticam suas notas, criticam seus trabalhos, simplesmente AMAM criticar você.
As barraqueiras são aquelas que adoram te provocar e jogar coisas óbvias na sua cara na esperança de te fazer perder a cabeça. Para os dois tipos só há apenas uma solução: Não dar importância.

Os (as) que parecem ser uma coisa, mas são completamente diferentes


Por exemplo: Minha amiga Leticia, eu achava que ela era uma daquelas nerds patricinhas tiradas, por ser loira natural - mentira é loira oxigenada mesmo - e usar óculos, mas ela não é. Assim como muita gente no colégio acha que eu sou patricinha justamente por ser amiga dela, tirar notas, digamos, boas e por eu ser tímida e antissocial pra caralho.
Não só no colégio, mas em todo canto, sempre tem aquela pessoa que você acha que é legal, mas descobre que é desgraçada assim como sempre tem aquela que você evita por achar que é uma desgraçada e, na verdade, a pessoa é super gente boa.


Lição nisso tudo: Não julgue um livro pela capa.

Ai gente, até me senti meio filósofa agora :v

Nenhum comentário:

Postar um comentário